Blog

Namastê!

Namaste Blog Post
Coaching

Namastê!

O gesto Namastê representa a crença de que há um brilho divino dentro de cada um de nós.

O gesto é o reconhecimento da alma de um no outro. “Nama” significa saudação ou reverência, “as” quer dizer eu e “te”, você. Logo, Namasté literalmente significa “O Deus que habita em mim saúda o Deus que há em você”

Para fazer o gesto Namastê, colocamos as palmas das mãos juntas no centro do peito, fechamos os olhos e inclinamos levemente a cabeça sem ser acompanhado de palavras.

Frequentemente fecha-se os olhos, para então curvar-se a coluna, em sinal de respeito à divindade que preenche todos os espaços do universo. A coluna retorna à posição ereta mais lentamente do que quando abaixou, também simbolizando respeito à outra pessoa.

Namastê é a forma mais digna de cumprimento de um ser humano para outro.

Expressa um grande sentimento de respeito, pois invoca a percepção de que todos nós compartilhamos da mesma essência, da mesma energia, do mesmo universo.

Namastê possui uma força pacificadora muito intensa.

Os cinco dedos da mão esquerda representam os cinco sentidos do coração, enquanto os dedos da mão direita representam os cinco órgãos da razão.

Significa então que mente e coração devem estar em harmonia, para que nosso pensar e agir estejam de  acordo com a Verdade.

Também é um reconhecimento da dualidade que existe no mundo, simbolizando a união das polaridades, esquerda e direita, bem e mal e sugere um esforço de nossa parte para manter essas duas forças unidas em equilíbrio.

Dez dedos unidos no Namastê. O número dez é símbolo da perfeição,  da unidade, do equilíbrio perfeito.

Toda a criatura é um reflexo dos Dez Atributos Divinos:

Apego, Bondade,

Conhecimento, Entendimento,

Esplendor, Harmonia,

Perseverança, Realeza,

Sabedoria, Severidade.

Namastê traz o Sagrado para dentro de cada ser humano, afirmando que Deus não está no céu, num templo ou mesmo na natureza. Deus está em tudo, em cada um de nóse qualquer dissociação da imagem do divino da nossa é inútil.

Ao fazer o Namastê, afirmamos que todos somos filhos e partes do Sagrado, indissociáveis e iguais.

Leave your thought here

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Processing...
Thank you! Your subscription has been confirmed. You'll hear from us soon.
ErrorHere